Identificando um vazamento no radiador

Veja se há aumento na temperatura. O radiador dissipa o calor para ajudar a manter o motor dentro da temperatura ideal de operação. Um vazamento nessa peça resultará na perda de fluido arrefecedor, o que comprometerá a capacidade do sistema de reduzir a temperatura. Quando o sistema de arrefecimento começa a falhar, a temperatura exibida no painel do carro sobe. Se o veículo estiver rodando a uma temperatura mais alta ultimamente, ou se você tiver começado a ter problemas com superaquecimento, pode haver um vazamento no radiador.[1]
O superaquecimento pode causar sérios danos ao motor do seu veículo. Pare de dirigir imediatamente se o carro começar a superaquecer.
Caso o automóvel esteja mais quente que o habitual, você pode ter um vazamento lento, pois ainda há fluido suficiente no sistema para manter o motor frio o bastante para funcionar.

Veja se há poças embaixo do veículo. Uma maneira fácil de identificar um vazamento de fluido de arrefecimento é perceber poças se formando abaixo do carro. Há, porém, diversos líquidos no motor de um veículo que podem vazar, portanto você precisará observar de perto e talvez até tocar no fluido para identificá-lo corretamente. Dirigir com o ar-condicionado ligado fará com que a umidade pingue do compressor do sistema, e automóveis são tão propensos a vazamentos de óleo quanto a vazamentos de fluido de arrefecimento. Se você notar uma poça embaixo do veículo ou onde ele estava estacionado, observe-a com atenção.[2]
O fluido de arrefecimento é verde ou laranja e bastante diferente do óleo ou da água.
O óleo de motor novo pode ser amarelado, mas se ele estiver circulando há algum tempo no motor, pode estar marrom-escuro ou até preto.
A condensação pingando do ar-condicionado será apenas água.
3
Verifique o reservatório de fluido. Se você acha que pode haver um vazamento não identificado no radiador, observe o nível do fluido arrefecedor no reservatório embaixo do capô. A maioria dos reservatórios de fluido terá marcas de alto e baixo indicadas com clareza. Desenhe uma linha no reservatório com um marcador ou tire uma foto dele com o celular para se lembrar do nível de fluido na primeira inspeção. Abra o capô e verifique novamente após algumas horas para ver se o nível baixou. Se você tiver feito a primeira avaliação com o motor frio, espere até que ele esfrie novamente antes de checar outra vez.[3]
Se o fluido continuar no sistema selado, o nível não deve mudar.
Caso o nível esteja mais baixo na segunda inspeção, há um vazamento em algum lugar.
4
Inspecione visualmente o compartimento do motor. Se você notar mais ferrugem e descoloração nas partes que cercam o radiador ou no radiador em si, essa pode ser uma indicação de que há um vazamento de fluido ali perto. Conforme a água e o fluido escapam do radiador enquanto você dirige, eles causam ferrugem nas partes com as quais entram em contato. Embora todos os componentes do motor estejam sujeitos a enferrujar, se você notar uma área com uma enorme quantidade de ferrugem perto do radiador, pode haver um vazamento lá.[4]
Procure por sinais de fluido arrefecedor em torno dos pontos de ferrugem identificados.
Talvez você consiga encontrar o vazamento seguindo o fluido dessas áreas até o ponto mais alto.

 

اترك تعليقاً

لن يتم نشر عنوان بريدك الإلكتروني. الحقول الإلزامية مشار إليها بـ *